segunda-feira, 5 de julho de 2010

CRUELDADE NO SANTUÁRIO DE FÁTIMA


Fiquei estupefacto ao receber hoje um e-mail denunciando uma situação no mínimo condenável no Santuário de Fátima que merece a minha denúncia e indignação pelo que se passa naquele local sagrado onde aparecem animais abandonados e são apanhados para abate. Incrédulo telefonei pessoalmente para a Reitoria indagando sobre a veracidade de tal facto e me responderam apenas que "não é bem assim como se diz" mas se foram justificando dizendo que é em prol da saúde pública.

Em face disto, resolvi dar seguimento ao e-mail que circula na Internet que começa assim:

"As ordens partem da Reitoria do Santuário, para que todos os cães que aparecem por Fátima, quer sejam adultos ou cachorros, quer tenham donos ou não, são capturados pelos seguranças e colocados na caixa que apresentamos em foto.

Esta caixa está mesmo nas traseiras do santuário, no local das oficinas. Ali ficam os cães durante algumas semanas, ao frio e à chuva de Inverno, à chapa do sol, no Verão. Sem direito a comida ou água, num espaço mínimo onde a maioria nem se consegue colocar de pé…

Existem alguns seguranças que não levam os cães capturados para este local, conseguem levar alguns para casa e adoptam-nos ou arranjam donos entre os seus vizinhos ou colegas de trabalho. Boa gente esta que sofre em ver os animais assim tratados, mas que se sente impotente com a ameaça de perderem os seus empregos.

Mas existem também dois seguranças, que violentam cruelmente os cães, com foices de podar oliveiras, dando com elas nas pernas dos cães que ficam em carne viva, a sangrar e com grandes cortes extremamente dolorosos e muitas vezes as pernas partidas. Esses cães são posteriormente levados, para esta caixa, permanecendo até que a carrinha da Câmara de Ourem tenha tempo para os vir buscar. Lá, são colocados, já muito debilitados, para abate, e são-no todos num prazo de poucos dias.

Quem nos informou, disse-nos também, que os cães que lá estão, vivem os poucos dias que lhes resta em condições extremamente miseráveis.

A Câmara Municipal de Ourém tem prometida (há demasiado tempo) a construção de um canil para recolher animais abandonados e o não abate de animais, mas como não existe interesse da Câmara nem pressão suficiente pela parte de quem abomina esta situação, para a construção do dito canil de protecção de animais perto de Fátima, vai adiando e esquecendo esta promessa e vai gastando a verba que já tinha disponível para esta construção em outras obras que lhes dão mais votos aquando das autárquicas.

A FAA soube também que existe um engenheiro que reporta directamente à reitoria do santuário, que deixa veneno (de acção ultra rápida) para matar alguns cães mais difíceis de apanhar… Não conseguimos ter acesso ao seu nome, mas sabemos que existe apenas um engenheiro com funções ligadas à área verde que circunda o santuário.

Mais grave a situação se torna de algum tempo para cá, que os cães depois de serem colocados na caixa, desaparecem antes que a carrinha da Câmara os venha buscar, ou tenha conhecimento que eles lá estão. Pensamos que são abatidos por alguns trabalhadores do santuário, porque os cães ladram á noite e podem incomodar os turistas, ou podem levantar suspeitas de maus tratos contra os animais perpetados num local “sagrado”.

Não sabemos quantos animais foram mortos com a chegada do 13 de Maio e com a vinda do actual representante da Igreja Católica a Fátima, mas acreditamos que quem lá for, não vê nenhum cão, porque as ruas foram limpas, tal como é sempre feito com uma regularidade impressionante.

Esta é uma situação abominável, pela parte de quem se diz representante de Deus, não é compreensível tamanha crueldade num espaço que querem fazer sagrado e que eles próprios profanam e o sujam de morte e sangue.

Deixamos aqui o contacto do Santuário, para quem quiser mostrar a sua indignação perante esta monstruosa atitude.

Peçam para encaminhar a vossa chamada para a reitoria:
249 539 600."


Deixo aqui, pois, esta minha contribuição para que termine a crueldade no Santuário de Fátima e sugiro até à Reitoria que mande construir um Canil onde recolha e trate todos os animais abandonados na região e isso sim seria uma atitude digna de quem advoga Deus e a "Virgem Maria" mas comete pecado contra a vida dos animais que sofrem pela maldade dos sem coração que os abandonam e os que matam ou mandam matar sem um mínimo de compreensão. Isto é um acto ANTI-CRISTÃO.

Pausa para reflexão!

Rui Palmela

27 comentários:

  1. Não podia senão ficar chocado com as imagens que vi. Infelizmente ainda o pior "animal" continua a ser o homem. Tomei a liberdade de publicar no meu blog o artigo "Crueldade no Santuário de Fátima" e divulguei o mesmo no Facebook e Twitter. Enquanto nós como seres humanos não destruirmos tudo à nossa volta não vamos descansar. Triste, lamentável ver seres vivos tão maltratados!!!!!!

    ResponderEliminar
  2. O Reitor do Santuário de Fátima rejeitou acusações que classificou de “falsas e caluniosas” sobre os maus tratos a animais, abandonados ou não, que são apanhados no espaço religioso admitindo agir judicialmente contra os autores da campanha “difamatória” que visa “denegrir” a sua imagem.


    Em comunicado, a propósito de uma manifestação silenciosa realizada no dia 15 de Agosto em Fátima, convocada pelo Partido Pelos Animais (PPA) “contra os maus tratos aos animais no santuário”, o reitor da instituição garante que “são falsas e caluniosas as acusações amplamente divulgadas na Internet, segundo as quais, por ordem da reitoria do santuário de Fátima, são maltratados ou abatidos os cães ali encontrados”.


    Segundo o PPA, os “seguranças” do santuário capturam regularmente todos os cães que encontram ali e amontoam-nos numa gaiola nas traseiras do santuário, onde são deixados durante dias até que a Câmara Municipal de Ourém os venha buscar para abate. A organização adianta que, “ao serem apanhados, há cães vítimas de dolorosas agressões com foices e alguns são envenenados e abatidos no próprio local”.


    O reitor do santuário assegura que “as imagens chocantes, que mostram cães enjaulados, não foram captadas no santuário”... O responsável esclarece ainda que a GNR, depois de apresentadas duas queixas sobre os alegados maus tratos, concluiu que “não foram descobertos nenhuns animais mortos, indícios de maus tratos ou actos que tipifiquem infracção”.


    O porta-voz do PPA (Partido Pelos Animais), Paulo Borges, reconheceu que estão a circular imagens na Internet relacionadas com maus tratos a animais que não foram tiradas no santuário, mas adiantou que a manifestação iria manter-se na mesma sabendo que todos os cães encontrados no Santuário são recolhidos pela Camara de Ourém que os abate no canil e a Reitoria nada faz para impedir isso, o que contraria os próprios “princípios cristãos”. É uma espécie de “lavar de mãos como Pilatos”, declarou, negando qualquer ataque à igreja católica.

    Sobre este assunto, eu próprio (Rui Palmela), telefonei para a Reitoria do Santuário de Fátima na altura em que a noticia sobre maus tratos a animais circulava na Internet e perguntei a uma senhora que me atendeu se era verdade tudo o que se dizia sobre os cães ali apanhados e cujo destino seria o abate no canil, e ela me disse apenas que quem recolhia os animais eram os serviços da Autarquia (chamados pela Reitoria naturalmente) não negando portanto o facto em si de se manter 'limpo' o local de animais que até podem ser transmissores de doenças tal como me afirmou.


    Assim, independentemente das imagens de cães engaiolados e maus tratos inflingidos aos animais serem ou não captadas no Santuário de Fátima, a verdade é que colaboram com o abate de animais que ali são recolhidos sabendo que os mesmos vão para o canil para serem abatidos.


    Seria muito mais digno e exemplar se o Santuário mandasse construir um Abrigo para animais sabendo do grande abandono a que são sujeitos naquela localidade em vez de fazer como 'pilatos' ao deixá-los serem condenados à morte só para manterem o Santuário de Fátima 'limpo' desses seres indefesos abandonados ou desprezados pelos seus donos.


    Concluo meu raciocínio com uma frase de alguém que dizia: “Olhei para os animais abandonados, renegados da sociedade humana, e vi em seus olhos amor e esperança, medo e horror, sentindo tristeza pela certeza de terem sido traidos. Eu me indignei e rezei perguntando a Deus porque nada fazia para mudar isso e Ele simplesmente me respondeu dizendo: “Eu fiz. Eu criei você para cuidar deles”...


    Rui Palmela

    ResponderEliminar
  3. "ACTUALIZAÇÃO DA SITUAÇÃO dos ANIMAIS de FÁTIMA: 9 DE jUNHO DE 2011. Todas as informações que circulam em relação aos maus tratos a animais no Santuário de Fátima estão desactualizadas. Têm um ano. Neste momento, a Céu Romeiro, Presidente da ASSOCIAÇÃO DE PROTECÇÃO AOS ANIMAIS ABANDONADOS DE FÁTIMA, APAAF, está à espera que o Santuário cumpra a promessa de ajudar financeiramente a Associação. Os animais são capturados pelo canil de Ourém, que tem péssimas instalações, e ainda abate. A Câmara de Ourém também prometeu construir um novo canil. Existem promessas, o habitual, e temos o facto de os maus tratos no Santuário realmente já não existirem. A Céu Romeiro está a conduzir muito bem este assunto. Se entretanto não concretizarem as promessas, então, sim, vai precisar da nossa ajuda. Se a Céu Romeiro continuar a receber só promessas, pedirá a nossa ajuda. E, nessa altura, lá voltamos nós ao massacre!!!! O envio de e-mails fica em suspenso! Obrigado e divulguem a actualização da situação por favor!"

    ResponderEliminar
  4. eu odeio maus tratos aos animais eu tenho tres cachorros e um deles e pit bul e as pessoas falam dele como se fosse um monstro mais não acredito nisso e amo eles e sei que jamais vão me fazer mau!!

    ResponderEliminar
  5. Santuário de Fátima, imaginem se não fosse de Fátima, fosse do bicho ruim. Claro que são pessoas que não possuem coração é que praticam tais atos, acredito que o Santuário é realmente Santo mas alguns humanos não conseguiram entender o Não Matarás. A cada um será dado de acordo com suas obras. Ação e Reação. A semeadura é livre mas a colheita obrigatória. Lei de Causa e Efeito. Não cai um fio de cabelo sem que Deus saiba. Que Deus tenha piedade de todos nós...
    VIVA JESUS!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Igreja tem dinheiro para ajudar a construir um santuario para os animais que a sociedade que reza e rasteja com promessas vas, abandona nas ruas, deita no lixo e maltrata, sinonimo de atraso civilizacional

      Eliminar
  6. Não me adimiro nada com tal acontecimento..os animais não lhe dão lucro, já as pessoas q lá vão ao encontro de conforto ...deixam lá o dinheiro q não tem...então o melhor é acabar com os animais...e os gatos devem ser o mesmo não? Pobre animais...Deus? Quem trabalha num sitio destesbe faz isso mais valia trabalhar a apanhar lixo no camião....:(

    ResponderEliminar
  7. Eu tenho oito caes abandonaos e muitos gatos,padres despresiveis que so olham ao dinheiro vergonha.Deus tudo ve.

    ResponderEliminar
  8. Os cães que vagueiam no santuário "nasceram de geração espontânea", como tal não contribuem para aumentar o "negócio"do santuário e da região.Se fossem importantes para fazer mais um dinheirinho, até lhes faziam uma estátua. É só o negocio que importa neste mundo.Monte de lixo

    ResponderEliminar
  9. Sendo eu católica e com fé em Deus e NªSª De Fátima, não me sinto bem no santuario sabendo que por trás existe tanta crueldade, Snr. Bispo não deixe fazer isso mande esses funcionários enbora e resolva o problema, os animais são seres vivos e filhos de Deus com nós, fomos criados por ELE.

    ResponderEliminar
  10. Isto é vergonhoso tal como todo o espetáculo de Fátima, se Deus existe a igreja era a primeira a arder

    ResponderEliminar
  11. Como está esta situação actualmente?

    ResponderEliminar
  12. Não vou até ao SANTUÁRIO DE FÁTIMA, já que para ver a linda merda que fazem aos animais abandonado, então vá se foder o tal sitio dos milagres.
    Digo eu que quando mais eu conheço as pessoas mais eu gosto dos animais

    ResponderEliminar
  13. Estou agoniada... Estamos a viver em que Mundo????? Amo, adoro animais. Prefiro muitas vezes Animais a Humanos....Se for verdade que os malvados paguem com o corpo da mesma maneira

    ResponderEliminar
  14. Hipocrisia pura.

    Peguem no dinheiro que lá está a apanhar ferrugem e façam algo de útil com a ignorância de quem para lá caminha.

    Triste, triste, triste!

    ResponderEliminar
  15. A Idade Média serviu para a igreja reforçar a ideia de que o homem é centro ,o dono do mundo,girando tudo à sua volta e ao seu livre arbítrio.O antropocentrismo é a ideia de que só o homem domina o planeta,que só ele é racional,que só ele sente,sofre,tem consciência e memória do bem e do mal que lhe é causado.Este caso leva a que os donos do santuário,vejam os animais como eram vistos há muitos séculos,proibindo as pessoas de entrarem com os seus animais de estimação no santuário,perseguindo cruelmente os que também têm o direito a habitar o local onde se encontra o santuário.(Paulo Serrão) www.facebook.com/groups/ajuntos

    ResponderEliminar
  16. QUE VERGONHA, QUE FALTA DE HUMANIDADE, COM TANTO DINHEIRO QUE CAI NAQUELES COFRES!! N TEM TEM OS RESTOS DOS COMERES DAQUELES PANÇUDOS!!! PARA DAR AO ANIMAIS!!!!!!!! QUE SÃO CERTAMENTE MUITO MELHORES QUE MUITAS PESSOAS QUE ANDAM POR LÁ A BATER COM A MÃO NO PEITO , N FOI ISTO QUE JESUS E MARIA MANDOU FAZER!!!!!!FICA AQUI A MINHA INDIGNAÇÃO, COMO ESPERA GENTE DESTA ALCANÇAR O CÉU DE QUE TANTO FALAM??????????

    ResponderEliminar
  17. Com tanto dinheiro que o Santuário recebe em donativos por dia, seria um ato de verdadeira cristandade e pura demonstração de fé construírem um canil em condições. Para o santuário seria uma gota de água no oceano mas a oportunidade de mostrar piedade e compaixão com estes seres indefesos seria enorme perante o olhar daqueles que acreditam que Fátima é realmente um lugar de culto e pura fé.

    ResponderEliminar
  18. Com o dinheiro que lá ganham, esses "senhores" q se dizem representantes de Deus, mas q n passam de ladrões, deviam era aplicar esse mesmo dinheiro em favor dos desprotegidos e, nomeadamente, dos animais. Ao invés de ampliarem e ornamentarem majestosamente, deviam construir casas para os pobre e abrigos para animais.

    ResponderEliminar
  19. E é isto um lugar sagrado? É inadmissível esta situação como é possível? Será que os animais não sofrem? Será que só esses senhores reitor e toda aquela gentinha tem direito a dizer que sofrem? Tal como a ministra da justiça diz: SENHOR REITOR DO SANTUARIO DE FATIMA OS ANIMAIS NÂO SÂO COISAS!!!!Sebem tal como eu sei é dinheiro a mais!!!

    ResponderEliminar
  20. Isso não sãos pessoas que se dizem ter Deus Deus não maltrata Deus cuida protege mas homens políticos ambiciosos so pensam em dinheiro mas isso é massacre onde se viu tanta maldade podem não pagar agora mas vão pagar seja com a família ou na hora da morte mas vais prestar contas dos seus atos e quem mata um cão indefeso faz coisa pior sou enfermeira e já vi muita gente na hora da morte pedir perdão E ter morte sofrida e nós profissionais sofrendo junto porque quem escolhe cuidar 95 % tem bom coração e cuidamos as x pessoas morrendo largado de família e nos com dó sofremos juntos mas as x não sabemos que aquele paciente que a família abandonou foi um monstro ganancioso que está pagando pelos seus atos isso que estão fazendo e um massacre mas vai repercutir e crime

    ResponderEliminar
  21. Será que os peregrinos não oferecem verbas (para que se possa orçamentar e suportar a construção e sustento desses animais até à sua adoção) que sobrem para este efeito, seria digno para o nome do Santuário, em vez de andar de empurrão para a camara/Ourém/Santuário. Isso sim, era de louvar.....acho que não é nova esta sugestão, parece-me a mais digna de exemplo......em vez de maus tratos......

    ResponderEliminar
  22. Uma igreja que deveria dar um exemplo de amor pelos animais, acaba fazendo uma crueldade dessas. Enquanto alguns padres acolhem os cães ,como é o caso aqui em Gravatá, outros fazem uma sacanagem dessas com os cães .Maldito padre esse infeliz que promove isso.

    ResponderEliminar
  23. Rosa Maria Pettinelli21 de julho de 2016 às 19:46

    A lei do retorno é justa e existe....se realmente isso vem ocorrendo num Santuário, como o nome já diz...tem uma ligação com Deus, é de estarrecer qualquer cristão...os animais a quem eu amo demais, principalmente cachorrinhos que são anjos, e que vem ao mundo só para nos ensinar a amar merecem respeito principalmente...espero que não seja verdade, mas aonde há fumaça há fogo...a mão de Deus não exitará em castiga-los..

    ResponderEliminar
  24. Ana Cristina Fernandes21 de julho de 2016 às 22:35

    V E R G O N H O S O .....

    RESPEITO PARA OS ANIMAIS ....
    RESPEITO PARA TODOS OS ANIMAIS .....

    ResponderEliminar
  25. Estou conpletamente chocada eu acredito mesmo nisto e vou fazer tudo para divolgar o q se passa em Fatima .isto vai mesmo pata os jornais

    ResponderEliminar
  26. E ainda se dizem homens de Deus...a fazer isto são e gente do Santanas

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails